Subscribe:

Edit This Menu

31 de março de 2009

Você gostaria que o novo iPhone fosse assim?

Está circulando na rede algumas imagens de um conceito do novo iPhone, estive analisando as imagens e tenho quase certeza que não será esse o novo modelo do aparelho, vamos aos motivos:


A carcaça é de aluminio (coisa que a Apple abandonou no iPhone Classic para baratear o aparelho), um utro detalhe que não passa despercebido é a sua expessura, lendo esse nosso artigo vemos que a Apple vai dar um upgrade no hardware do novo iPhone, então é quase impossível ele ser tão fino assim.

5 comentários:

Andre disse...

Acho que o motivo pra eles abandonarem a carcaça de aluminio do primeiro modelo é que como agora o 3G tem antena GPS, isso atrapalharia muito o sinal. Tanto que na primeira versão a tampa onde fica a antena comum de sinal de operadora e wifi é de plastico, pra minimizar a interferencia, por isso tbm ela ficou abaulada, pra caber o receptor de sinal GPS....

P.J. disse...

Mas que esse modelo seria demais ter ,seria...

é lindo...lindo mesmo...Eu amei !

É mais um conceito que caiu no gosto de todos nós !


abraços a todos vcs !

marc disse...

1- aluminio...
2-o jeito dele ficou muito estranho eh como se ficasse desporposional o tamanho da tela com o aparelho e em si...
3- uma coisa q eh muito importante e q eu nao vi em outro celular.... cade a magnifica trava do silencioso?
4- olhando bem... se vc comparar o botam home, nos q nos temos agora vc nao aperta muito para funcinar msm, mas eh algo... nesse ai da foto eh como se nao tivese espaso para ser apertado... como se tivese a traseira do aparelho colada no botam, assim ele funcionaria como um sensor q so passar o dedo nele e funciona, tipo no ps3, mas eu duvido muito...

Iago Macedo disse...

ahhh, se fosse assim, eu morria pra comprar ele!

André Apple iPhone ES disse...

esse da foto ta tão ridiculo que nem vo comentar.......

Postar um comentário

Os comentários publicados nesse blog são de exclusiva responsabilidade e autoria dos leitores.

Respeite as regras:

• Fazer-se passar por outra pessoa ou instituição;
• Links de qualidade nos comentários são bem-vindos;
• Links não relevantes são dispensáveis;
• Não precisa assinar os seus comentários com links;
• Para sugerir parceria, use o formulário de contato;

Muito obrigado por sua visita. Volte sempre!